Residencial Santa Cruz amplia qualidade de vida através da música

A música além de alimento para alma é uma grande aliada para a melhoria da saúde e bem-estar na terceira idade. Sabendo disso, o Residencial Santa Cruz investe em aulas de musicoterapia para seus residentes. Assim como outras atividades que exigem um exercício do cérebro, cantar ou tocar um instrumento amplia o trabalho das sinapses e conexões cerebrais.

A oficina “Corpo Vocal” idealizada pela cantoterapeuta Priscila Lavorato conta com dinâmicas de canto, atividades e exercícios terapêuticos que são direcionados através da música. A atividade incentiva os idosos a participarem cantando e fazendo exercícios corporais, como bater palmas, criar ritmos diferentes com as palmas, com o estalar dos dedos, batendo no peito, nas coxas ou mexendo os pés.

Para o músico e professor substituto David Assumpção Lopes a importância dessa oficina é trabalhar fisicamente os residentes e coloca-los em movimento. “Os movimentos menores como bater palmas ou estalar de dedos trabalha as intensidades forte e fraco. O ritmo, a duração de um ritmo mais longo ou mais curto é importante para concentração e coordenação motora. Os exercícios mais delicados são importantes para manter toda a musculatura em movimento”, afirma.

David também relata e se impressiona com o quanto a música pode alterar afetivamente os idosos. “A música mexe muito com a memória afetiva. É legal ver um residente que já está em um estado um pouco avançado da sua condição cantar um pedaço da música, ou as vezes, cantar uma música inteira. Responder, interagir, isso é muito interessante e muito importante também”, relata.

Texto| Mayara Nunes

Comments

Deixe um comentário para Clinica de recuperação Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquivos
Dúvidas

O Residencial Santa Cruz foi projetado em cada detalhe para oferecer as melhores condições de vida às pessoas em diferentes estágios da fase idosa, entre em contato para mais informações e dúvidas.

Clique aqui!

× Como posso te ajudar?